Postagens populares

  • Postado por: Gabriela Oliveira 11 de setembro de 2013

    11/09/2013

    Antes de mais nada, leiam a minha crítica do filme clicando aqui.



    Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos foi muito fraco nas bilheterias, e a Constantin Films decidiu atrasar o lançamento do segundo filme da possível franquia por tempo indeterminado.Além disso, segundo fontes no site The Wrap, existe a grande possibilidade do filme ser cancelado.


    Sony estava confiante de que Cidade dos Ossos seria um sucesso e em Maio decidiu aprovar o segundo filme Cidade das Cinzas para pré-produção, antes mesmo do primeiro chegar aos cinemas em Agosto. Lilly Collins (Clary Fray); Jamie Campbell-Bower (Jace Wayland) e diretor Harald Zwart estavam todos confirmados para retornarem e as filmagem teriam inicio na próxima semana.
    Desde o lançamento em 21 de Agosto, Cidade dos Ossos ganhou U$37 milhões em um total mundial. Com um custo de produção acima dos U$60 Milhões mais os custos para promover o filme (que não foram poucos, já que o studio fez uma turnê mundial com o elenco), Sony e Constantin Films terminaram com uma grande perda.
    A decisão foi feita não somente pela perda de dinheiro, mas porque as chances que o segundo filme seja um sucesso são muito pequenas.
    Fonte da primeira notícia: bookeando


    A nova adaptação da literatura juvenil feita para o público adolescente, “Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos”, chegou a 2835 salas de cinema na quarta-feira (21/8) nos EUA, mas não agradou à crítica. Muito pelo contrário. Repugnou talvez seja o verbo mais adequado, marcando apenas 16% de aprovação no site Rotten Tomatoes (numa escala até 100%), que mede a temperatura da crítica cinematográfica americana.
    Uma das avaliações mais comuns sobre o filme questiona sua originalidade. Segundo o crítico Alonso Duralde, do site The Wrap, o filme mistura o legado de magia da saga “Harry Potter” com o romance casto da saga “Crepúsculo” e ainda a questão da paternidade duvidosa clássica de “Star Wars”. Ou seja, é uma derivação completa, sem nada original. “Romance juvenil clichê”, nas palavras do crítico.
    Já Stephanie Merry, do jornal Washington Post, pegou ainda mais pesado e disse que “o filme fará o público rir, apesar de suas partes engraçadas não serem intencionais”.
    Além do longa em si, quem também recebeu uma avaliação negativa foi a protagonista Lily Collins (“Espelho, Espelho Meu”), que, segundo Mark Olsen do jornal Los Angeles Times, “não tem carisma suficiente para que a audiência se importe com sua personagem”. O crítico chega a elogiar a performance apática de Kristen Stewart na saga “Crepúsculo” em comparação à capacidade de Collins, que teria apenas “um cabelo luxuriante e sobrancelhas formidáveis”.
    O crítico do site CinemaBlend resume a opinião reinante, ao se mostrar inconformado com o fato de a “franquia” ter chegado aos cinemas. “Ainda não entendo como isto mereceu ganhar lançamento nos cinemas. Na melhor hipótese, parece um piloto rejeitado de uma série de fantasia teen do canal CW”.
    Para não dizer que “Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos” foi um unânime fracasso, o filme agradou ao crítico Chris Nashawaty, da revista Entertainment Weekly. Nashawaty reconheceu as falhas apontadas pelos colegas, mas elogiou a performance de Lily Collins e a direção de Harald Zwart (da nova versão de “Karate Kid”).
    Apesar da avaliação negativa, o filme teve uma bilheteria de estreia ligeiramente melhor que outras adaptações de franquias literárias juvenis recentemente destruídas pela imprensa, como “A Hospedeira” e “Dezesseis Luas” (este segundo eu achei horrível, sério mesmo) arrecadando cerca de US$ 3 milhões e liderando as bilheteria de quarta-feira.
    Os dois filmes citados não terão sequência, após implodirem em todo o mundo, embora tivessem sido planejados como franquias. O mesmo planejamento está sendo feito com “Os Instrumentos Mortais”, que já chegou aos cinemas com um subtítulo típico de filme “em capítulos”. A sequência para a história, baseada no segundo livro da série, “Os Instrumentos Mortais: Cidade das Cinzas”, deveria começar a ser filmada ainda este ano, trazendo Sigourney Weaver em papel de destaque.
    E vocês? o que acharam do filme? Acha que vale a pena continuar?

    { 5 comentários... Leia abaixo ou adicione um Comment }

    1. Essa notícia foi uma surpresa muito grande. Antes dela havia lido vários comentários positivos em relação ao filme, por isso pensei que estava fazendo sucesso. Ledo engano.
      Ainda não tive a oportunidade de ler a série, mas se ela for tão boa quanto dizem, realmente espero que o segundo filme seja produzido - e fique melhor do que esse primeiro, claro.

      Beijos!
      Ricardo - www.overshockblog.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ainda não terminei de ler a série, mas confesso que o primeiro livro foi meio escasso. Talvez tudo mude em relação ao filme, que eu também achei MUITO fraco.
        Mas é claro que algumas críticas pegam pesado demais.
        Na torcida para que o próximo filme seja melhor!

        Excluir
    2. Eu li o livro antes de assistir o filme e gostei muito, obviamente o filme não foi metade do que foi o livro, mas não chega a ser essa porcaria o que esses críticos falam. Espero que tenha a continuação..

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu gostei do primeiro livro, mas achei um pouquinho arrastado. Só o final que faz com que qualquer um queira ler o próximo. O segundo achei bem melhor. Talvez o segundo filme seja melhor também, porque na minha opinião, o filme foi fraco. Não chega a ser uma porcaria realmente, porcaria na minha humilde opinião quem leva o título foi a adaptação lamentável de Dezesseis Luas, já viu?

        Excluir
    3. Acho que o único erro aqui foi na escolha dos atores, atores bonitos chamam a atenção do público e atiçam a curiosidade, atores não tão belos e que não faz juz as características descritas nos livros desanimam os fãns e também não promovem marketing! Caracterizando assim o fracasso do filme. EXEMPLO: JAMIE - ótimo ator, mas definitivamente é totalmente o contrátio de Jace, não é um Deus Grego e não chama a atenção do público

      ResponderExcluir

    Gostou?
    Dê sua opinião!
    Obrigado pela visita ;D

  • Copyright © 2017 - Zutto Kawaii - Todos os direitos reservados

    Zutto Kawaii Powered by Blogger - Designed por Johanes Djogan