Postagens populares

  • 3 comentários

    Gostou?
    Dê sua opinião!
    Obrigado pela visita ;D

  • 0 comentários

    Gostou?
    Dê sua opinião!
    Obrigado pela visita ;D

  • Troféu HQMIX!


    Troféu HQMIX
    Criado em 1988, pela dupla JAL e Gualberto Costa, no programa TV MIX da TV Gazeta, o Troféu HQMIX logo foi apadrinhado pelo então apresentador do programa, Serginho Groisman. A votação nacional é feita pela categoria dos desenhistas de HQs e humor gráfico por meio da Associação dos Cartunistas do Brasil (ACB) e do Instituto Memorial das Artes Gráficas do Brasil (IMAG).
     
    Comissão Organizadora do 25º TROFÉU HQMIX
    Gualberto Costa e JAL (presidentes), Andréa de Araújo Nogueira, Benedito Nicolau, Cristina Merlo, Daniela Baptista, Edson Diogo, Marcelo Alencar, Nobu Chinen, Sam Hart, Silvio Alexandre, Sonia M. Bibe Luyten, Tiago Souza, Waldomiro Vergueiro e Will.
     
    Júri de indicações
    Will (presidente), Daniel Lopes, Heitor Pitombo, Jota Silvestre, Marcelo Naranjo, Michele Ramos e Télio Navega.


    Lourenço Mutarelli (homenageado com escultura do personagem Diomedes)
    Mutarelli é escritor, ator, dramaturgo e autor de histórias em quadrinhos brasileiro. Iniciou sua carreira nos anos 80 com suas histórias escatológicas bem ao estilo underground. A trilogia em quadrinhos de seu detetive Diomedes, publicada pela editora Devir nos anos 90 e republicada recentemente pela Cia das Letras é seu maior sucesso. Conhecido pelo livro "O cheiro do Ralo" que foi adaptado para o cinema por Selton Mello, Lourenço é também professor de quadrinhos no SESC Pompeia.

    Watson Portela (Homenageado como Grande Mestre dos quadrinhos) 
    Foi um dos primeiros artistas a se destacar no cenário das HQs da década de 80, em meio a hegemonia do gênero de super-heróis americano. As obras mais conhecidas do grande público são os álbuns "Paralelas" e "Vôo Livre". Watson iniciou seus trabalhos em fanzine e mais tarde teve sua arte publicada em diversas editoras como RGE, Vechi, Graphipar e Abril.

    Vencedores das categorias do troféu HQMix – 2015
    Adaptação para os Quadrinhos
    Grande Sertão Veredas (Globo)
     
    Desenhista Estrangeiro
    Andrew C. Robinson (O Quinto Beatle)
     
    Desenhista Nacional
    Laudo Ferreira Jr. (Yeshuah vol. 3 – Onde Tudo Está)
     
    Destaque Internacional
    André Diniz (7 Vidas)
     
    Edição Especial Estrangeira
    O Quinto Beatle (Aleph)
     
    Edição Especial Nacional
    A Vida de Jonas (Zarabatana)
     
    Editora do Ano
    JBC e Veneta (empate)
     
    Evento
    CCXP – Comic Con Experience (São Paulo)
     
    Exposição
    Ocupação Laerte (Itaú Cultural)
     
    Livro
    Humor Paulistano - A Experiência da Circo Editorial, 1984-1995 - Toninho Mendes (org.)
     
    Novo Talento – Desenhista
    Felipe Nunes (Klaus)
     
    Novo Talento – Roteirista
    Bianca Pinheiro (Dora e Bear)
     
    Produção para Outras Linguagens
    Cena HQ (teatro)
     
    Projeto Editorial
    Humor Paulistano: A Experiência da Circo Editorial (SESI-SP)
     
    Publicação de Aventura/Terror/ficção
    Astronauta – Singularidade (Panini)
     
    Publicação de Clássico
    A Saga do Monstro do Pântano 1 a 3 (Panini)
     
    Publicação de Humor Gráfico
    Có! & Birds (Quadrinhos na Cia)
     
    Publicação de Tira
    A Vida com Logan - Para ler no sofá (Jupati)
     
    Publicação Independente de Autor
    Edgar 1 (Gustavo Borges)
     
    Publicação Independente de Grupo
    QUAD 2
     
    Publicação Independente Edição Única
    Quaisqualigundum (Davi Calil e Roger Cruz)
     
    Publicação Infanto-juvenil
    Aú, O Capoerista e o Fantasma do Farol (Independente)
     
    Publicação Mix
    Gibi Quântico (Independente)
     
    Roteirista Estrangeiro
    Mark Waid (Demolidor)
     
    Roteirista Nacional
    Marcello Quintanilha (Tungstênio)
     
    Tira Nacional
    Malvados (André Dahmer)
     
    Web Quadrinhos
    Beladona
     
    Web Tira
    Will Tirando
     
    Grande Contribuição no ano
    PROAC – HQ – Programa da Sec. Estadual da Cultura de SP
     
    Homenagem Grande Mestre dos Quadrinhos
    Watson Portela
     
    Homenagem Especial
    Liliam Mitsunaga (letrista)
     
    Humorista Gráfico
    Dálcio Machado
     
    NB: As premiações de Melhores teses de universitários serão divulgadas em setembro.
     
    SERVIÇO:
    EXPO HQMIX
    Data: de 10 a 31 de agosto 
    Horários: normais do Metrô
    Local: Metrô Sé (próximo às catracas de entrada) Praça da Sé -São Paulo/SP

    FONTE EM: HQMIX

    0 comentários

    Gostou?
    Dê sua opinião!
    Obrigado pela visita ;D

  • Review: Final da 2ª temporada de Penny Dreadful


    Fiz uma maratona da série no último final de semana e hoje vou comentar um pouco sobre o final da 2ª temporada de Penny Dreadful!

    Penny Dreaful é um série de fantasia dark produzida pelo canal Showtime nos EUA e lançado no Brasil pela HBO. 
    Criada por John Logan e produzida por Logan e Sam Mendes, a série se passa em uma Londres vitoriana cruel onde vários personagens literários se encontram, como o Dr. Frankentein, Van Helsing (que infelizmente tem uma participação curta na história) Dorian Gray e criaturas sobrenaturais como lobisomens e vampiros.

    O título tem ligação com os Penny Dreadfuls, publicações de terror e ficção que eram vendidas na Inglaterra do século XIX, por serem histórias que eram vendidas a um centavo, o apelido era "centavos do terror".
    A série estreou em maio de 2014 no Showtime. No Brasil, começou a ser transmitida em junho pela HBO.

    O que achei?                      

    Quando comecei a assistir a série, confesso que não achava que iria ser tudo isso. Claro que o enredo em si tinha vários pontos altos. Mas foi depois da "primeira" criação do Dr. Frankestein foi que percebi que a genialidade da série.

    Penny Dreadful é uma série com conteúdo absolutamente adulto, cheio de morte, sangue e sexo. 

    Um dos pontos centrais da história é em relação a Vanessa Ives (Eva Green) uma mulher extremamente forte, que tem dons sobrenaturais. Onde alguém ou alguma coisa está alucinadamente atrás dela: o próprio diabo. 
    Isso gera conflitos e situações macabras com todos ao seu redor. Mas cada um dos personagens tem seus próprios "demônios". Todos eles tem uma história de culpa, ou de arrependimento ou de dor. 

    Ela mora junto com o aristocrata e explorador inglês Sir Malcolm Murray (Josh Hartnett) e o mordomo e amigo de longa data de Murray, Sembene (Danny Sapani). Eles tem um propósito principal em suas vidas: encontrar a filha desaparecida de Sir Malcolm, Mina. 

    No início da primeira temporada, Vanessa encontra Ethan Chandler, um pistoleiro aparentemente experiente, para ajudar na buscar por Mina. Ele acaba se envolvendo totalmente na história. Posteriormente, Dr. Victor Frankentein (Harry Treadaway) também é solicitado por Sir Murray, e eles formam uma "equipe" de buscas.

    Um personagem que parece ter um envolvimento indireto em vários aspectos da história é o doentio Dorian Gray (Reeve Carney) que protagoniza várias cenas de sexo com vários personagens. Além da conhecida imortalidade, Dorian é sádico e parece querer descobrir prazeres em várias formas de vida, de todas as formas possíveis seja com homens ou mulheres.

    Sobre o final da 2ª temporada

    Triste.
    Acho que não tem palavra para melhor descrever. É muita dor e sofrimento. A série é o tempo todo rodeada por uma onda imensa de melancolia. A dor dos personagens é papável. A culpa. A solidão.
    Assombrados por passados e criaturas que os atormenta. 

    Vanessa passou a 1ª temporada inteira lutando contra um demônio que tentava possui-la. Na 2ª temporada, o cenário é dominado por bruxas que estão dispostas a tudo para ter a juventude e vida eternas. Elas não medirão esforços para isso. E o foco é Vanessa. O diabo a quer. E vai atrair pessoas para que façam um caminho para ele. Um caminho até Vanessa. 

    Dr. Frankestein além de ser um homem solitário e triste, após criar um homem e depois uma mulher, os monstros tentam domina-lo. E não dá para imaginar o ódio que eu senti da "Lily Frankestein" (antes Brona/ interpretada por Billie Piper). Ela se alia a Dorian e confronta seu criador, dizendo que pretende "dominar o mundo". 

    As cenas onde Sir Murray e Dr Frankestein enfrentam suas maiores angustias, em um quarto da casa das bruxas é sensacional. Seus medos se tornam seu mundo, possuem suas visões tentando convencê-los a se matarem. 
    Apesar de Frankestein estar se matando realmente aos poucos, já que está viciado em calmantes. Ele se apaixonou por Lily. Uma morta-viva. Um ser que agora é eterno. Criado por ele mesmo. E que se transformou em uma mulher sanguinária abruptamente. 
    Quando Frankestein vai procurar Lily na casa de Dorian e dá um tiro no peito de ambos, os dois continuam como se nada tivesse acontecido... aquilo partiu o meu coração. O olhar do doutor, a tristeza dele. Não por não ter conseguido ser protagonista de um homicídio duplamente qualificado, mas por perceber o que ele mesmo criou.

    Outra revelação é a transformação de Ethan em lobisomen. Ele entra em um torpor e violência desenfreados quando se transforma. Mas a única pessoa que ele foi incapaz de atacar foi Vanessa, que está claro que ambos se apaixonaram. (Apesar de ambos já terem estado nos braços de Dorian Gray, mas isso não vem ao caso já que o sentimento deles é puro, ao contrário do sentimento em relação a Dorian somente carnal).

    Enfim, a série como um todo foi sensacional. O final foi cruel. Cruel para os personagens e para os telespectadores. Aquela cena onde a Vanessa passa por vários cômodos da casa vazia apagando as luzes...  Não sei porque me lembrou uma coisa nada a ver...  O último episódio de "um maluco no pedaço"!  Triste!  
    É uma série que nos faz refletir. Nos faz pensar sobre a vida e a morte. Em nossos pecados. No céu e no inferno. Na salvação. No bem ou no mal. No fim dos tempos, no apocalipse. Em quê nós acreditamos?

    A 3ª temporada em previsão para 2016.

    0 comentários

    Gostou?
    Dê sua opinião!
    Obrigado pela visita ;D

  • Copyright © 2017 - Zutto Kawaii - Todos os direitos reservados

    Zutto Kawaii Powered by Blogger - Designed por Johanes Djogan