Popular Post

Inuyasha será republicado pela JBC no Brasil!

By : Gabriela Oliveira


A editora JBC recentemente fez uma enquete, com vários títulos já publicados anteriormente no Brasil, onde os fãs puderam votar e escolher qual título merecia ser o próximo a retornar. E Inu-Yasha foi escolhido pela maioria (yeees)! 
Atrás de Inu-Yasha, ficaram respectivamente Shaman King, Cowboy Bebop, Fruits Basket, A Princesa e o Cavaleiro e Angelic Layer.
Ainda não temos informações sobre formato, tipo de papel e capa, nem outro detalhe técnico, que deverá ser revelado pela editora (através do canal Henshin) nos próximos meses. Há comentários de que ao invés do tradicional formato tanko, a editora possa trazer uma edição 2 em 1 como aconteceu nos EUA pela VIZ. Sinceramente não acredito muito, mas acho qualquer um dos dois formatos legais.

Criado pela famosa mangaká Rumiko Takahashi, a mesma criadora de Urusei Yatsura e Ranma 1/2, e lançado de 1996 a 2008 na revista Shounen Sunday da Shogakukan, havia sido publicado no Brasil no formato meio-tanko em meados de 2002 a 2009, e eu não consegui acompanhar as 112 edições mas lembro que o preço era de R$4,90 cada!

Estou realmente muito feliz com a notícia, que já saiu há um tempo e só agora tive tempo de postar aqui no blog, mas mesmo assim eu não poderia deixar de registrar.
Agora ficamos na expectativa!

Novo mangá de Card Captors Sakura!

By : Gabriela Oliveira
Foi confirmado ontem, dia 26/04 na edição de junho da revista Nakayoshi que Card Captors Sakura do CLAMP terá continuação na edição de julho que sai em 03/06!

Nessa nova série, que ainda não foi confirmado se será um curta ou longa, Sakura estará no primeiro ano do ginásio e suas aventuras começarão a partir de um estranho sonho que ela teve.
Página da revista com o anúncio
Card Captors Sakura foi publicado no Japão entre 1996 e 2000 e esse ano completa 20 anos da publicação. No Brasil o mangá foi publicado pela editora JBC em 2001 nos formatinhos meio-tanko em 24 edições e em 2012 a editora republicou no mesmo formato do Japão em tanko com 12 volumes. A JBC não deu previsão do lançamento dessa nova série no Brasil.

Fonte: JinHenshin

Novo mangá de Vampire Knight anunciado por Matsuri Hino!

By : Gabriela Oliveira

Deve fazer pouco mais de uma semana que eu revi as duas temporadas do anime de Vampire Knight. Infelizmente não tive acesso aos mangás por isso não sei direito o desfecho da história e não há notícias de uma continuação da animação para os fãs que não acompanharam os mangás. Porém a história principal do mangá já foi finalizada. Confesso que tentei ler online mas sinceramente as diferenças das duas mídias são muito grandes e acabei desistindo.

Coincidentemente, surge essa notícia quase simultaneamente!

O site oficial da revista Lala DX de Hakusensha revelou que Matsuri Hino lançará um novo mangá de Vampire Knight a partir de 10 de junho! A Hakusensha publica a revista bimestralmente.

O anúncio diz o seguinte: 

"Nova série!! A cortina sobe e uma nova lenda sangrenta para Vampire Knight por Matsuri Hino!" E descreve a nova série da seguinte forma: "Yuki e Zero fizeram sua declaração de estar juntos, mas ...!? "

O primeiro capítulo terá 50 páginas, e o mangá estará na capa da edição de julho. Ainda não tem subtítulo, a revista lista simplesmente como Vampire Knight.

Hino tem publicado vários capítulos extras de Vampire Knight desde que formalmente terminou a série em maio de 2013.
Hino lançou o mangá em 2004, e a Hakusensha publicou o volume 19, que é o volume final em um livro compilado em novembro de 2013. Viz Media publicou o volume final na América do Norte em outubro de 2014. Viz também lançou em 2008 o anime da série Vampire Knight com 13 episódios e a sequência Guilty com também 13 episódios. No Brasil, os mangás foram publicados pela editora Panini e praticamente acompanhamos a publicação do Japão, pois alcançamos a edição atual de lá, levando vários anos para chegar ao fim, demorando meses de uma edição para outra.

Amnesia (anime)

By : Gabriela Oliveira
Amnesia é um visual novel desenvolvida por Idea Factory. Foi lançado em agosto de 2011 para PSP e depois um fandisc (conteúdo adicional) no Japão, em 2012. Houveram outras versões do jogo lançadas posteriormente.
Amnesia é classificado como um jogo de otome (otaku feminina), onde o jogador assume o papel de uma personagem feminina que pode escolher entre uma variedade de homens como seu interesse amoroso, e também utiliza cartas representativas.

O anime foi produzido por Brain's Base em 2013 com apenas 12 episódios.
Hoje irei falar APENAS do anime, pois não tenho conhecimento algum do jogo. O texto abaixo tem revelações simples, não acho que seja spoiler.


No anime conhecemos uma garota que não tem nome. OK, ela tem nome, mas em momento algum ele foi citado, e pela internet ela é chamada apenas de heroína.
A "heroína" da história perdeu a memória e não sabe quem ela é, seu nome e quem são as pessoas ao seu redor. O clima do anime é sempre sombrio, denso e obscuro. Até as roupas dos personagens são extravagantes, seus estilos bastante rock'n roll. O anime é realmente lindo visualmente. Cheio de cores e desenhos belíssimos.
A garota percebe que somente ela enxerga um garoto flutuante chamado Orion, que a partir de então irá guiá-la, pois ele afirma que ela perdeu sua memória porque ele acidentalmente esbarrou em sua alma.

A história do anime é basicamente essa: uma garota e vários garotos apaixonados por ela. Após perder a memória a personagem sofre DIVERSOS acidentes e não fica claro se ela morre neles, mas depois do acidente ela sempre acorda em um mundo onde os fatos são diferentes. O lugar é o mesmo, ela mora sempre na mesma casa, trabalha sempre no mesmo Café com as mesmas pessoas e o mesmo chefe (que tem personalidades absurdamente distintas em todas as linhas temporais), a única coisa que muda é o seu namorado. SIM! kkkk somente o namorado dela muda. Que importância em?
O primeiro namorado é o Shin e até ai você não fazia IDEIA de que a mulher teria outros namorados depois dele. Pelo menos eu não tinha. O lance inicial era apenas perda de memória, não viagem no tempo. Mas depois descobrimos que também tem viagens no tempo, é disso que se trata. Shin é um cara bastante fechado e um pouco frio até mesmo com o "seu amor". Ainda assim demonstra o seu amor de forma bacana e ele parece ser um dos favoritos entre as telespectadoras (inclusive a mim).

O segundo é Ikki, (espero que esteja na ordem certa) que é um cara popular entre as mulheres, anda sempre de óculos escuros pois basta que seus olhos encontrem com uma mulher que ela se apaixona por ele (oi?). Ele tem até fã clube formado somente por mulheres que são perigosas em dado momento.

O terceiro é Kent, um garoto inteligente e já graduado. Acredita que tudo pode ser solucionado por meio da lógica.

O quarto é Toma, que de início parecia ser o mais calmo e compreensivo. Porém aparentemente ele sofre uma "yandere" (termo japonês que designa pessoa que trata alguém com amor e carinho mas que depois por algum motivo se torno obsessivo e agressivo) provavelmente quando as linhas de tempo são alteradas. Ele é amigo de infância da heroína assim como Shin, e o namoro dele com a heroína é o mais chocante de todos.

O quinto e último (ufa) é Ukyo. Não parecia que ele teria tanta importância, mas depois descobrimos que ele é a chave que levará ao desfecho. Ele tem dupla personalidade, em uma ele é atencioso e protetor, em outra ele tem sede de morte (e não entendi o motivo desse transtorno até agora).

Sobre o final do anime, tem algo relacionado com as cartas e parece que ela pôde escolher seu futuro por elas. Não foi aquele final explicadinho, foi um final aberto a conclusões. 

O anime é bom? não. Muitas coisas foram incoerentes, como na primeira linha temporal ela ser agredida por garotas do fã-clube sendo que nessa linha ela era namorada de outro... Além da garota namorar todos os caras que ela conhece sem demonstrar sentimento nenhum por eles (sim a mulher é fria), eu detestei essa protagonista. Insegura, chata, fraca, burra, imprudente... são tantos defeitos pra uma personagem só! Ela vê alguém morrer, não irei citar para não dar spoiler e não derrama uma gota de lágrima. Os caras sofrem de amor por ela e ela não parece amar nenhum deles de verdade. Ela simplesmente aceita que o cara é namorado dela e pronto. Pra ela não tem importância alguma. Ela não reage em absolutamente nada. Quando ela deveria gritar, ela fala baixinho. Quando deveria chorar, fica calada. Quando deveria perguntar, não pergunta. Ela não reage em nada. E isso dá um nervoso! Que garota detestável!



Enfim, anime realmente péssimo! 
Mas é claro, pode ser que você goste por isso se tiver vontade de assistir mesmo assim, vai lá!

Kaichou wa maid-sama!

By : Gabriela Oliveira
Hoje irei irei comentar sem spoilers sobre esse shoujo de comédia romântica fantástico escrito e desenhado por Hiro Fujiwara que terminei de ver recentemente. Foi publicado entre dezembro de 2005 e setembro de 2013 na revista Lala da editora Hakusensha. A adaptação em anime com 27 episódios veio entre abril e setembro de 2010 no Japão.


Nós iremos conhecer então a durona Misaki Ayuzawa, que devido as ótimas notas é a presidente do conselho estudantil (mais ou menos a líder da turma, que ajuda os professores a manter a organização) do colégio Seika, que anteriormente era uma escola somente para garotos e conhecida como um lugar cheio de alunos imprudentes. Com a tímida entrada das garotas e com Misaki no comando, o propósito dela é fazer com que as garotas sintam-se mais confortáveis, que os garotos as respeitem e que assim a fama negativa da escola mude.
Porém existe um outro lado da vida de Misaki que os alunos da escola nem sonham: ela trabalha meio período como empregada de um Maid Café (um café onde as garotas se vestem com cosplays de empregadas em estilo vitoriano e tratam os clientes como "mestre"), e ela sabe que as pessoas tem preconceito com esse tipo de trabalho, porém precisa ajudar a mãe e a irmã com as despesas em casa.
As coisas ficam de pernas para o ar quando o segredo de Misaki é descoberto por Takumi Usui (♥), um popular estudante do Colégio Seika. 
O que mais intriga Misaki é que ao invés de ele revelar para todos no colégio e destruir sua reputação, ele guarda seu segredo e se torna um cliente regular do café para profunda irritação de Misaki.
Usui é o garoto mais inteligente e popular da escola, os garotos o admiram e as garotas caem de amores por ele. Mas ele não se interessa por nenhuma garota, até Misaki. Ela é diferente de todas as outras. Ela não faz nada para tentar impressiona-lo como todas as outras pessoas.

O anime infelizmente não contou a história até o fim e ele termina com muitas perguntas em aberto. O mangá infelizmente (de novo mesmo!!!) não fez tanto sucesso no Japão e a sonhada segunda temporada do anime nunca veio. O que é realmente uma pena porque a história é super gostosa, os personagens cativantes e engraçados e o sentimento que cresce no casal é comovente.

O Usui é um amorzinho! Ele faz um monte de coisas para cuidar da Misaki e está sempre lá quando ela precisa!
E todos os outros personagens são ó: ♥
O amigo de infância apaixonado por ela;
As meninas que trabalham com a Misaki no café são super leais e amigas! Principalmente a chefe dela que é super compreensiva (e kawaii)!
"Os três" idiotas são três caras que gostam da Misaki e passam o anime inteiro fazendo trapalhadas.
A Misa também tem duas amigas no colégio que também são fofuras principalmente uma delas (sim não lembro todos os nomes).

Mas existem os pontos negativos.
A Misa irritou MUUUUITO em diversos momentos. Ela quer o Usui, ela É do Usui (momento shipper) e ela simplesmente fica com frescura, dando fora no cara, maltratando o coitado, e sendo uma idiota com ele!!!! Sinceramente teve uma hora que deu vontade de socar a cara dela e gritar pra ela acordar que tem um cara ali esperando por ela, e ela mesmo sentindo o mesmo por ele, fica de frescura.
Como comentei antes, o anime não tem um final, mas já vi alguns spoilers pela web se quiserem arriscar. 
Sobre o que vi no anime o casal fica junto no final, isso não é spoiler porque né, estamos falando de um shoujo de comédia romântica e de um anime incompleto. Maaas, Usui??? Não sabemos nada sobre ele. A única revelação que temos da vida dele, é que ele mora sozinha e foi aparentemente abandonado pela família. E imagino isso devido ao segundo encerramento, que tem cenas dele criança e de uma mulher indo embora, provavelmente a mãe. E mostra muito a tristeza dele. Ele claramente não é plenamente feliz até ali. Pra quem só viu o anime, não sabe mais sobre ele :/

Ainda assim, recomendo muito mesmo, é um anime suuuper divertido, amorzinho e kawaii! Ah e não posso deixar de comentar que a música de abertura e os dois encerramentos são muitos legais!

Fiquem ligados que ainda hoje sai um texto sobre o anime "Amnesia" que é bem menos conhecido que esse ;)

The Kiss of Deception - lançamento pela Darkside Books!

By : Gabriela Oliveira

The Kiss of Deception escrito por Mary E. Pearson, é o primeiro volume da série Crônicas de Amor e Ódio e a Darkside Books divulgou há um tempo que havia adquirido os direitos da obra que é sucesso lá fora.
Finalmente temos agora a confirmação: em abril teremos essa belezinha publicada e poderemos descobrir mais sobre essa história que promete.

Um pouco do enredo:

Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas – menos para a protagonista dessa
história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente
para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?

Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante – o lugar perfeito para recomeçar – ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. 

O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.


O romance de Mary E. Pearson evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor, e como ele pode nos enganar. Às vezes, nossas mais belas lembranças são histórias distorcidas pelo tempo.

The Kiss of Deception foi escolhido pelo comitê da Young Adult Library Services Association (yalsa) como umas das melhores ficções ya (jovem adulto) de 2015 e escolhido como uma das principais fantasias de 2014 pelos leitores no Goodreads. Esta viagem extraordinária, repleta de ação, romance e mistério chega ao Brasil em março de 2016 pela Darkside Books para integrar a Coleção DarkLove.

Resenha: Louca por Você - A. C. Meyer

By : Gabriela Oliveira
Classificação: 2,5/5 estrelas 
Título: Louca por Você
Editora: Universo dos livros
Autor: A. C. Meyer
Nº de páginas: 208
Lançamento: 2014























Sinopse e minha opinião    


Julie é uma mulher de 28 anos de idade, que tem dois grandes sonhos na vida, um deles é de ser cantora. 
Porém ela não pode levar seu sonho adiante porque seu irmão "postiço" Daniel a impede de correr atrás disso. Ele acha que se ela cantar, os caras vão "cair matando encima dela" e ele tem que proteger a irmãzinha a qualquer custo (mesmo ela tendo 28 anos de idade). E ela não reage. Ela simplesmente aceita a exigência dele e trabalha como garçonete no bar, enquanto ele toca a vida expandindo os negócios.

Daniel, 31 anos, é dono de um bar chamado "After Dark" e depois de uma série de eventos (nada convincentes diga-se de passagem) onde Daniel está fora a negócios e o vocalista sai subitamente da banda que toca no bar, Julie canta junto com a banda e todos ficam impressionados com seu talento no palco. O vídeo da apresentação vai parar nas redes sociais e Daniel vê, porém não reconhece a moça. Sim, ele não a reconhece! Ele está acostumado a ver Julie com roupas pouco atrativas e cabelos presos. Mas graças aos amigos (ricos) o best friend gay George e a amiga (apagada) Jo, ela se transforma em uma girl-power.

A história principal do livro gira em torno da obsessão de Julie em conquistar Daniel. Esse é o outro (e maior) sonho dela. Ela quer a todo custo que ele a veja como uma mulher e não como uma menininha. Seu amigo George faz o favor de JOGAR FORA todos os pijamas de desenho animado que ela costumava usar e faz uma reforma no guarda-roupa dela, comprando inclusive camisolas sexy. UAU.

Esse livro tem tantos problemas... tantas coisas erradas que me incomodaram. O romance dos personagens... não tem química. As ações do casal não condiz com a idade deles. Eu não consegui acreditar na idade deles. Eles parecem ter 15 anos!
Julie não pensa em si mesma, tem baixa auto-estima, é super insegura. 

Vou citar outra situação que me foi surreal. Um dos parceiros de banda, o Alan, estava meio interessado em Julie. Ele e Daniel tem uma briga, porque Daniel tem ciumes. Então, Julie e os amigos tem a brilhante ideia de fingir um namoro entre Julie e Alan. Desnecessário. Estava na cara que Daniel também gostava dela e não precisava de uma cena para lhe fazer ciúmes. Ele que se mexesse e acordasse pra vida percebendo o que sente por ela! Mas não, o bonitão esperou mais de 30 anos, e somente quando Julie arruma um namorado (que aliás o livro terminou sem ele saber que era uma farsa) é que ele se habilita a chamá-la pra sair e beijá-la (sabendo que ela namora). Além disso, em uma situação convincente, Alan não aceitaria porque tem rixa com Daniel.

Daniel realmente não sabe o que quer. Ele é imaturo. Na mente dele, ele tem 19 anos e está curtindo a vida adoidado. Pra quê relacionamento sério com uma mulher que passou a vida inteira apaixonada por ele? E que ele só teve a audácia de se aproximar quando ela renova o visual? quer dizer, enquanto ela se vestia com pijama de desenho animado pra dormir, ele não tinha motivação para se sentir atraído por ela. Isso é amor? Não me parece...
Eu não quero detonar o livro de maneira nenhuma. Reconheço seu valor como qualquer outro romance e tem alguns pontos positivos. Tem cenas bem bonitinhas e românticas que até eu gostei. A história deve agradar muita gente. Mas não a mim.
É um livro mediano em todos os aspectos possíveis. E acho que só pode ser considerado "new adult" devido as cenas eróticas e a idade dos personagens, caso contrário se encaixaria melhor na categoria infanto-juvenil.
Vale a pena pra quem procura uma leitura leve e rápida.

Último trailer de Capitão América: GUERRA CIVIL divulgado: homem-aranha finalmente aparece!

By : Gabriela Oliveira

As especulações não paravam e todos estavam preocupados: será que o homem-aranha vai aparecer ou não no filme? eis que finalmente a Marvel solta o trailer revelador!

“Capitão América: Guerra Civil”, da Marvel, encontra Steve Rogers liderando o recém-formado grupo dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Mas após outro incidente envolvendo os Vingadores resultar em danos colaterais, aumenta a pressão política para instalar um sistema de responsabilização, comandado por uma agência do governo para supervisionar e dirigir a equipe. O novo status quo divide os Vingadores, resultando em duas frentes - uma liderada por Steve Rogers e seu desejo de que os Vingadores se mantenham livres para defender a humanidade sem a interferência do governo, e a outra que segue a surpreendente decisão de Tony Stark de apoiar a responsabilização e supervisão do governo. Prepare-se para escolher um lado e se juntar à ação ininterrupta, agora em duas frentes, quando “Capitão América: Guerra Civil”, da Marvel, estrear nos cinemas dia 28 de abril de 2016.


Veja:

Últimos filmes assistidos: A Colina Escarlate, Amaldiçoado e + 7

By : Gabriela Oliveira
Olá, hoje irei indicar (ou não) alguns dos últimos filmes que eu assisti. Lembrando que as notas são MINHA opinião ;) 
ps: verifique a classificação indicativa.
Título brasileiro: Vidas em Jogo
Título original: The Game
Ano: 1997
Nota: 5/5 estrelas

Sinopse:

Em São Francisco Nicholas Van Orton (Michael Douglas), um banqueiro milionário no seu 48º aniversário (a idade do pai quando se suicidou), ganha de presente do seu irmão Conrad (Sean Penn) um cartão que lhe dá acesso a um divertimento incomum, organizado pela empresa Serviços de Recreação do Consumidor. Deste momento em diante Nicholas se vê envolvido em um perigoso "jogo", que parece ter como objetivo matá-lo. Ele já não sabe em quem confiar, pois qualquer pessoa pode ser um assassino em potencial. Nicholas resolve então ir à polícia denunciar o ocorrido, mas quando chega na sede da empresa encontra apenas um andar vazio, sendo que a administradora do prédio nega que esta firma tenha tido no passado um escritório ali. Ele então toma consciência que tem de lutar sozinho para se manter vivo e evitar que as pessoas por trás disto concluam o plano de roubar todo o seu dinheiro.

É um filme excelente, super envolvente que te deixa aflito até o desfecho que é surpreendente.

Trailer (sem legenda):






Título brasileiro: De Volta ao Jogo
Título original: John Wick
Ano: 2014
Nota: 5/5 estrelas

John Wick (Keanu Reeves) já foi um dos assassinos mais temidos da cidade de Nova York, trabalhando em parceria com a máfia russa. Um dia, ele decide se aposentar, e neste período tem que lidar com a triste morte de sua esposa. Vítima de uma doença grave, ela já previa a sua própria morte, e deu de presente ao marido um cachorro para cuidar em seu período de luto. No entanto, poucos dias após o funeral, o cachorro é morto por ladrões que roubam o seu carro. John Wick parte em busca de vingança contra estes homens que ele já conhecia muito bem, e que roubaram o último símbolo da mulher que ele amava.

Um filme muito bom. Cheio de cenas de luta e violência, porém com uma carga dramática imensa e permeada de mistérios. Sem contar que gosto muito do Keanu, então sou suspeita para falar...

Trailer:





Título brasileiro: Homem-Formiga
Título original: Ant-Man
Ano: 2015
Nota: 5/5 estrelas

Dr. Hank Pym (Michael Douglas), o inventor da fórmula/ traje que permite o encolhimento, anos depois da descoberta, precisa impedir que seu ex-pupilo Darren Cross (Corey Stoll), consiga replicar o feito e vender a tecnologia para uma organização do mal. Depois de sair da cadeia, o trambiqueiro Scott Lang (Paul Rudd) está disposto a reconquistar o respeito da ex-mulher, Maggie (Judy Greer) e, principalmente, da filha. Com dificuldades de arrumar um emprego honesto, ele aceita praticar um último golpe. O que ele não sabia era que tudo não passava de um plano do Dr. Pym que, depois de anos observando o hábil ladrão, o escolhe para vestir o traje do Homem-Formiga.

Super viciante, cheio de cenas hilárias, me surpreendi demais com esse filme, recomendadíssimo!

Trailer:






Título brasileiro: O Segredo de Brokeback Mountain
Título original: Brokeback Mountain
Ano: 2005
Nota: 4,5/5 estrelas

Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennie Del Mar (Heath Ledger) são dois jovens que se conhecem no verão de 1963, após serem contratados para cuidar das ovelhas de Joe Aguirre (Randy Quaid) em Brokeback Mountain. Jack deseja ser cowboy e está trabalhando no local pelo 2º ano seguido, enquanto que Ennie pretende se casar com Alma (Michelle Williams) tão logo o verão acabe. Vivendo isolados por semanas, eles se tornam cada vez mais amigos e iniciam um relacionamento amoroso. Ao término do verão cada um segue sua vida, mas o período vivido naquele verão irá marcar suas vidas para sempre.

Um filme emocionante que me tocou demais. Trata de uma história de amor impossível, cheia de conflitos e mostra a tristeza de uma forma concreta e pungente. Perdeu meia estrela para mim devido ao final chocante.

Trailer (para ativar as legendas clique em cc):






Título brasileiro: Os Reis da Rua
Título original: Brokeback Mountain
Ano: 2008
Nota: 3,2/5 estrelas

Los Angeles. Tom Ludlow (Keanu Reeves) é um veterano policial que enfrenta problemas desde a morte de sua esposa. Quando descobre que seu colega de trabalho foi executado ele passa a combater o sistema que vigora na polícia local, o mesmo o qual fez parte e defendeu ao longo de toda sua carreira. Isto faz com que questione a lealdade de todos ao seu redor, incluindo a do capitão Jack Wander (Forest Whitaker), seu mentor.

Um filme sobre policiais e corrupção. Bem construído e cheio de acontecimentos inesperados. Confesso que vi esse filme meio que sem querer, eu comecei pensando que se tratava de outro filme com o Keanu, mas ainda assim valeu!

Trailer:






Título brasileiro: Amaldiçoado
Título original: Horns
Ano: 2013
Nota: 4,5/5 estrelas

Ignatius Perrish (Daniel Radcliffe) é um jovem que tem sua vida virada de cabeça para baixo quando sua namorada Merrin Williams (Juno Temple) é estuprada e morta. Ele é imediatamente apontado como o principal suspeito. Estranhamente, um dia Ig acorda de uma ressaca com um par de chifres nascendo em sua cabeça e um estranho poder: ouvir o segredo das pessoas. Então o jovem passa a investigar o assassinato e tentar entender o que está acontecendo.

História original, baseada em um livro de Joe Hill. Ótimas atuações, filme muito bom e excelente entretenimento.

Trailer:





Título brasileiro: Primavera
Título original: Spring
Ano: 2014
Nota: 2,2/5 estrelas

Depois de perder a mãe após batalhar contra uma doença, Evan (Lou Taylor Pucci) percebe que sua vida está sem direção, e resolve pegar todo o seu dinheiro e se aventurar pela Europa sem destino certo. Quando ele chega à Itália, ele conhece a jovem Louise (Nadia Hilker), por quem se apaixona. Os dois iniciam um romance, mas um segredo de Louise pode destruir a história do casal.

O tema do filme é interessante, se passa na Itália, é cheio de passagens em lugares lindos e românticos e tem um ar sobrenatural, mas o romance não tem química, a descoberta do segredo deixou a desejar e todas as razões e explicações são rasas e difícil de acreditar.

Trailer:






Título brasileiro: Além da Máscara
Título original: Beyond the Mask
Ano: 2015
Nota: 3,5/5 estrelas

Correndo por sua vida, um assassino da Companhia das Índias Orientais William Reynolds (Andrew Cheney) enterrou seu passado em uma aldeia Inglesa tranquila, assumindo a identidade de um sacerdote anglicano. Mas este disfarce não vai durar por muito tempo, quando a mulher que ele ama Charlotte Holloway (Kara Killmer) e uma guerra que ele não quer, força-o a enfrentar a questão de quem ele realmente é. Em face de um conflito global iminente, ele descobre por si mesmo o significado e a fonte da verdadeira justificação e liberdade.

O cenário do filme é fantástico, a fotografia é de encher os olhos e as cenas de luta são legais, mas o enredo que tinha tudo para ser forte, poderia ter sido desenvolvido de forma muito melhor, e o romance e os ideais do personagem não é tão convincente. Ainda assim, vale a pena pelo cenário incrível em que a história se passa.

Trailer (sem legenda):




Título brasileiro: A Colina Escarlate
Título original: Crimson Peak
Ano: 2015
Nota: 4,8/5 estrelas

Apaixonada pelo misterioso Sir Thomas Sharpe (Tom Hiddleston), a escritora Edith Cushing (Mia Wasikowska) muda-se para sua sombria mansão no alto de uma colina. Habitada também por sua fria cunhada Lucille Sharpe (Jessica Chastain), a casa tem uma história macabra e a forte presença de seres de outro mundo não demora a abalar a sanidade de Edith.

Um filme fenomenal, com um clima obscuro, personagens bem construídos, ideais envolventes. Não é um terror para dar medo, mas deixa o telespectador angustiado e na expectativa.

Trailer:

Steins;Gate

By : Gabriela Oliveira


Steins;Gate é uma visual novel japonesa desenvolvida pela 5pb e pela Nitroplus. Foi lançada em outubro de 2009 para XBOX 360. Antes desse projeto, essas empresas também trabalharam juntas em Chaos;Head. Também há uma versão do jogo para Windows lançada em 2010 e outra para PSP, no ano seguinte. O jogo é descrito como "jogo de aventura de ciência hipotética".

Foi a partir do jogo que uma adaptação em mangá foi criada por Sarachi Yomi e começou a ser distribuída pela revista Monthly Comic Alive em setembro de 2009. Uma segunda série de mangás foi feita por Kenji Mizuta e distribuída pela Monthly Comic Blade em dezembro de 2009.

A versão em anime foi ao ar no Japão entre 6 de abril de 2011 e 14 de setembro de 2011 com intenção de ser levada para ao cinema. Hoje irei falar do anime.









Enredo + O que achei     

O anime tem 25 episódios de cerca de 23 minutos cada.
Vamos acompanhar a história do cientista maluco Rintaro Okabe, que tem uma casa/laboratório alugada, junto com a membro e grande amiga de infância, Mayuri Shiina, uma garota meiga, doce e extremamente generosa, e o amigo super-hacker Itaru "Daru" Hashida. 

Okabe está trabalhando e tentando a todo custo desenvolver uma máquina do tempo. Ele realmente acha que é possível voltar no tempo e quer provar isso.
A história se trata de viagem no tempo, por esse motivo as datas e horários dos acontecimentos sempre são mostradas e ficam muito claras para o telespectador. 
Em 28 de julho de 2010, em Akibahara, Okabe e Mayuri estão a caminho de um prédio da Rádio Kaikan para assistir uma palestra sobre teorias relacionadas a viagem no tempo. Porém Okabe não imaginava que iria se deparar com a cena de um crime: ele encontra o corpo sem vida numa poça de sangue de Kurisu Makise, uma ruiva inteligente que também estuda viagem no tempo. Em pânico, Okabe sai do prédio com Mayuri e envia uma mensagem de texto para Haru falando sobre o incidente.
É ai que a história de fato começa. Quando ele envia a mensagem, ele estava na rua em frente ao prédio, a rua estava barulhenta e cheia de pessoas, mas o cenário muda e todos ao seu redor desaparecem. Sem saber o que estava havendo, Okabe corre para tentar descobrir o que houve. Paralelo a isso, o prédio em que eles estavam é atingido por um tipo de nave misteriosa.

Ele percebe então que o microondas de celular, é um microondas diferente (que eles usam no laboratório) que é conectado a um celular, pode mandar mensagens para o passado mudando assim o futuro.
Mas o mais estranho é que no dia seguinte, ele re-vê Kurisu viva, bem, como se nada tivesse acontecido. Ou seja, a mensagem que ele enviou foi para o passado e mudou a linha de mundo de alfa para beta, onde Kurisu não é assassinada.
Na tela: "Eu posso tocá-la. Ela realmente está aqui"
No exato momento em que ele mandou a mensagem o mundo mudou, o mundo saiu da linha de tempo comum e entrou em outra diferente. Mas ninguém mais se lembra das linhas passadas, somente Okabe, que tem o "
Reading Steiner".

Eles começam a estudar e tentar descobrir como isso pode ser possível e adentram em um mundo obscuro, onde uma organização chamada SERN os descobre e vice-versa e começa um tipo de perseguição.

Os dez primeiros episódios é mais uma introdução do que realmente o anime representa. A história trata de um assunto já bastante explorado em diversos meios de entretenimento, mas de uma forma fantástica. O enredo é extremamento bem conduzido, tudo faz muito sentido. Além disso, o amor pelo próximo, o sentimento humano em suas mais diversas formas é observado de maneira muito real. A partir mais ou menos do episódio 11 acontece um evento que conduz a história a um ponto muito mais denso e desesperador. Okabe começa a "brincar" com o tempo e isso pode custar muito caro.

Spoilers ON (em letras azuis)

Depois de uma série de eventos, uma quinta pessoa acaba descobrindo sobre as mensagens temporais, Ruka Urushibara, que é um garoto com aparência de garota.
Ele pede para que mandem uma mensagem para o passado para a mãe dele, pedindo que ela coma muitos vegetais, pois dizem que quando a mãe come muitos vegetais ela tem uma filha e não um filho.

Feyris Nyannyan, que trabalha na cafeteria "Mayqueen Nyannyan", o mesmo lugar onde Mayuri trabalha, é a garçonete mais popular.Também acaba enviando uma mensagem com algo relacionado ao seu pai.

Moeka Kiryū é uma moça misteriosa, que está a procura de um computador antigo chamado IBN 5100, envia uma mensagem que só saberemos do que se trata mais para a frente.
Várias mensagens são enviadas e isso muda o presente completamente. Depois dos envios somente Okabe é capaz de se lembrar das linhas de tempo passadas.
Kurisu Makise cria então uma forma em que é possível levar o corpo físico de uma pessoa para o passado, ultrapassando a estaca em que eles conseguiam enviar apenas

mensagens. Devido a essas mudanças, o mundo chega a um ponto em que a SERN os descobre e acontece um ataque ao laboratório. Durante o ataque, Mayuri morre. Nesse momento temos a primeira vez em que Okabe volta no tempo de modo físico.
Mas ele volta incontáveis vezes. E em todas as voltas na mesma data e horário não importa o caminho que ele faça, Mayuri sempre morre.
Okabe e os amigos decidem então desfazer todas as mensagens temporais. Para isso, as pessoas saem feridas por dentro. Afinal as mensagens foram enviadas com o propósito de mudar algo ruim do passado e fazer com que o presente seja melhor. Mas ele precisa sacrificar essas mudanças pela vida de Mayuri.
Quando ele consegue finalmente mudar todas as mensagens, ele percebe que esqueceu da primeira mensagem de todas: a mensagem sobre a morte de Kurisu. Se ele desfazer todas as mensagens e voltar a linha primária do tempo, nessa linha Kurisu morre.

SPOILERS OFF

Começa uma corrida alucinante contra o tempo. Okabe praticamente enlouquece, a dor o sofrimento do personagem é tão palpável quanto a chuva.
Suzuha Amane vai ajuda-lo.
Logo descobrimos diversos segredos que a permeiam. 
E juntos esse grupo de amigos vai fazer o possível para lutar em meio ao tempo pelo amor.
O amor que surge entre Okabe e Kurisu é tão sutil e lindo ao mesmo tempo. Eles provam que o amor pode superar tudo, a distancia, o medo e até mesmo o tempo.


- Copyright © Zutto Kawaii - Animes, Livros, Games, Doramas, Filmes. Tudo em um só lugar! - - Powered by Blogger - Designed by Johanes djogan -