Postagens populares

  • Postado por: Gabriela Oliveira 23 de novembro de 2013

    Terminei hoje de assistir ao sensacional "Monster". 
    Um dos melhores animes que já assisti.


    Monster é uma série de mangá seinen do aclamado autor Naoki Urasawa que totaliza 18 volumes encadernados e foi publicada na revista japonesa Big Comic Original, da Shogakukan, entre 1994 e 2001.
    Uma adaptação integralmente fiel em anime, com 74 episódios, foi exibida na NTV entre Abril de 2004 e Setembro de 2005, tendo sido produzida pela Madhouse. Foi dirigida por Masayuki Kojima, escrita por Tatsuhiko Urahata e contava com a caracterização de Kitaro Kosaka.
    Em 2002, Urasawa escreveu e ilustrou o livro Another Monster, que explica os eventos de Monster do ponto de vista de um repórter de investigação.
    A editora Panini publica o mangá no Brasil desde junho de 2012.



    Vi, então, levantar-se do mar uma Fera que tinha dez chifres e sete cabeças; sobre os chifres, dez diademas; e nas suas cabeças, nomes blasfematórios. A Fera que eu vi era semelhante a uma pantera: os pés como os de urso e as faces como as de leão. Deu-lhe o Dragão o seu poder, o seu trono e a sua autoridade. Uma das suas cabeças estava como que ferida de morte, mas essa ferida de morte fora curada. E todos, pasmados de admiração, seguiram a Fera e prostaram-se diante do Dragão, porque dera o seu prestígio à Fera, e prostaram-se igualmente diante da Fera, dizendo: “Quem é semelhante Fera e quem poderá lutar com ela?”
    Enredo
    A passagem bíblica refere-se à chegada do Anticristo, comparável na série ao principal vilão, Johan. O seu significado torna-se mais claro ao longo da série.
    Esta começa em 1986, e acompanha Kenzou Tenma, um neurocirurgião japonês especialista em cirurgias cerebrais, que tem uma habilidade incomparável. Trabalha no Hospital Memorial Eisler de Dusseldorf. Tenma por ser o melhor cirurgião do hospital, sempre é chamado para realizar operações em pessoas importantes. O seu futuro parece radiante: é um dos favoritos do diretor do hospital, respeitado por todos os colegas, tem uma carreira promissora, é noivo da a filha do diretor (Eva Heinemann) e é adorado pelos pacientes a quem salvou a vida.
    A mudança na vida de Tenma começa quando uma mulher turca o agride porque o seu marido não foi operado por ele e veio a falecer. Isso ocorreu porque a política do hospital decretou que Tenma deveria operar outro paciente, considerado uma personalidade de destaque, mesmo tendo chegado depois. É então que Tenma começa a perceber que o hospital onde trabalha privilegia os pacientes com maior relevância pública ou poder aquisitivo. Isto é algo com que discorda e que o revolta, pois, para ele, todas as vidas humanas tem o mesmo valor.
    Mas a história de Monster começa de fato em uma noite, em que chegam ao hospital dois irmãos gêmeos em estado grave, Johan Liebert, um garoto que foi atingido com uma bala na
    cabeça, e sua irmã Anna Liebert. As crianças eram os únicos sobreviventes de um massacre que tinha vitimado os pais. Quando Tenma esta prestes a começar a cirurgia de Johan, ele é avisado que o prefeito da cidade esta chegando ao hospital, beirando a morte. Os superiores de Tenma dão-lhe ordens para deixar o menino e começar a operar o político, mas a sua ética pessoal, contrariando a ética do hospital, o obriga a continuar com Johan, que acaba sobrevivendo, e a deixar o político para outro médico, que por infortúnio não conclui a cirurgia com êxito.
    Esta sucessão de eventos destrói a vida de Tenma, embora o médico tenha agido de acordo com os seus valores. De imediato, perde a promoção prometida ao posto de direção na área de neurocirurgia e os superiores declaram-lhe que a sua progressão na carreira terminou. É afastado dos gêmeos, seus pacientes. A sua namorada termina a relação logo que ele perde o apoio do diretor geral. E tanto o diretor do hospital como a sua ex-noiva insistem na ideia de que a vida das pessoas não são iguais, existem seres humanos mais importantes do que outros. Esta é uma teoria com que Tenma não concorda de todo, e sente-se injustiçado por ter perdido todo o seu promissor futuro por causa de pessoas que a defendem.
    Spoiler - Alguns dias depois, os gêmeos, que até então tinham revelado um comportamento misterioso, desaparecem. E, na mesma altura, morrem alguns médicos que tinham se beneficiado com a decadência de Tenma, todos por terem ingerido balas com relaxantes musculares. Entre os quais o pai de Eva, diretor do hospital. A situação dramática leva ao início de uma investigação conjunta da polícia e do BKA, representado pelo detetive Lunge. Tenma é, aparentemente, quem mais lucra com as mortes, pois iria automaticamente receber de volta o seu cargo alto. Torna-se assim o principal suspeito dos crimes, tanto para a polícia como para todos que trabalham no hospital, mas, não havendo nenhuma prova contra ele, o caso é esquecido. - Fim Spoiler.
    Nesta altura, a série avança nove anos. Tenma é chefe de cirurgia no Eisler Memorial Hospital e, embora viva para trabalhar, sente-se feliz e realizado. Um dia, um criminoso procurado por pequenos furtos e relacionado com um homicídio em série de casais na Alemanha chega ao hospital após ter sido atropelado. Tenma é o médico que o opera, e por isso revê o detetive Lunge, que está investigando o caso. No decurso da recuperação, o paciente confessa ao Doutor Tenma estar envolvido nos casos de que é acusado, e muito arrependido pelo que fez. Murmura constantemente a palavra "Monstro", sem explicar o porquê. 


    Spoiler - Simpatizando com o homem, Tenma decide trazer-lhe um presente numa certa noite, mas depara-se com o policial que o vigiava assassinado e a cama vazia. Devido à semelhança com o caso dos gêmeos nove anos antes, Tenma corre atrás do seu paciente até um edifício abandonado. E é então que para além do criminoso reencontra Johan, o gêmeo que operou no passado... 
    Tenma incide em um encontro inesperado com Johan, que lhe diz ter assassinado aqueles médicos como forma de agradecimento por salvar sua vida. Sempre apático e de tremenda inteligência discursiva, revela-lhe ser um maníaco sutil e que aqueles assassinatos não pesam em sua cabeça. Tenma, já bastante transtornado desde há muito, abate-se mais com essa notícia e passa a carregar a culpam por ter dado a vida de volta a Johan.


    Eva guarda uma prova crucial de que não foi Tenma o assassino, mas também sabe como incriminá-lo. Sua luxúria não deixava transparecer que gostava de Tenma mesmo após deposto, por isso o deixou. A soberbia é imensa, não sabe ser sincera. Agindo assim, nunca conseguiria fazê-lo entender que não é uma mera interesseira; ou melhor, nem tentaria fazê-lo saber esse tipo de coisa. Depois que Tenma torna a ser diretor de neurocirurgia, ela o pressiona constantemente para reatar o relacionamento amoroso. Bastante esclarecido, Tenma resolve não mais se relacionar com pessoas sovinas. Magoada e naturalmente vingativa, Eva resolve incriminá-lo pelos famosos homicídios no hospital e relata à polícia. O cirurgião deixa de ser visto como mero suspeito e é tido como criminoso responsável por delitos hediondos.


    É prisão ou fuga. Tenma escolhe fugir e resolve encontrar o monstro que ressuscitara, não tão interessado em provar sua inocência mas sim para retirar o erro que cometeu ao te-lo salvo. 
    Foragido, será perseguido pelo Detetive Lunge, um cara extravagante e demasiado racional que memoriza as coisas por meio de gestos com os dedos. Obcecado pelo caso, já desconfiava bastante de Tenma desde que os assassinatos no hospital eram novidade, mas sempre segue pistas; nunca presume nada como outros o fazem.
    A maior parte da história se passa a seguir, enquanto Tenma está foragido. Em sua jornada fugitiva e em procura do volúvel paradeiro de Johan, Tenma conhece diversas pessoas e descobre coisas impressionantes, chega mesmo aos confins mais proibidos no que se refere à história da Alemanha, eventualmente encontrando-se até com um psicólogo que, na segunda guerra, trabalhava com condicionamento de pessoas, desde a nascença delas, a fim de não terem identidade, se tornarem moralmente imunes a tudo, terem total autocontrole de seus valores. Fim Spoiler
    O que achei

    Monster é um anime adulto. Este se passa na época da queda do muro de Berlim, que foi quando tentaram unir a Alemanha Oriental e Ocidental causando aí muitas "guerras". A presença de elementos nazistas é muito presente no enredo. A sede por poder, os alemães, que consideravam-se uma raça superior, pessoas dentro de sociedades secretas. Muitos fatos são feitos por "baixo dos panos". 
    A carga dramática é muito grande. A história tem excesso de tensão, tem cenas fortes e meche com o psicológico da pessoa.
    Por isso e por tantos outros motivos, eu não recomendo que crianças vejam esse anime.
    As diversas mensagens, as críticas que a história nos passa são intrigantes. Eu não conseguia parar de assistir! 

    As descobertas que o personagem faz no decorrer, e diversos segredos vão sendo revelados tornando assim a história cada vez mais complexa. Durante toda a história, aprendemos até mesmo mais sobre a sociedade Alemã na época da Guerra Fria, as injustiças nas quais estrangeiros passavam, a oposição entre a Alemanha Oriental e Ocidental.

    Algumas cenas são fortissímas, pois a história se desenrola envolvendo muito a infância, diversos personagens tiveram infancias dolorosas, inclusive Johan e sua irmã gêmea Anna Liebert ou Nina Fortner.

    No anime, existe momentos de agressões infantis, lembranças tristes de personagens, as mortes também são explícitas e a investigação policial extremamente presente.

    "Morde, mastiga, tritura, engole."

    "Olhem para mim, olhem para mim, o monstro dentro de mim cresceu tudo isso!"

    "Há muito tempo existia um monstro sem nome... o monstro não suportava o fato de não ter um nome."

    Kinderheim 511 foi um orfanato, no qual muitas crianças sofreram. Nele abrigava-se crianças abandonas e orfãs, muitas delas cujos pais eram criminosos, espiões, advogados contra o regime, imigrantes ilegais ou refugiados mal sucedidos. E essas passavam por procedimentos de lavagem cerebral.
    Um grupo de pessoas queriam criar seres com novas identidades.
    Muitas coisas horríveis aconteceram desde então. Muitas e muitas pessoas morrem. Inclusive personagens nos quais nos simpatizamos, e tiveram papel fundamental na história.

    Enfim, é difícil eu conseguir explicar as tantas mensagens que esse anime passa. É simplesmente fantástico.

    Eu só fiquei um pouco assim com o final. Muitas perguntas ficaram no ar, um fato no final deixa em aberto o que pode ter acontecido a seguir.

    Mesmo assim, vale demais a pena embarcar nessa obra fantástica! Pretendo ler também os mangás, quem sabe consigo tirar mais deles?

    Assista/leia e conheça o verdadeiro monstro.


    { 1 comentários... Leia abaixo ou adicione um }

    Gostou?
    Dê sua opinião!
    Obrigado pela visita ;D

  • Copyright © 2017 - Zutto Kawaii - Todos os direitos reservados

    Zutto Kawaii Powered by Blogger - Designed por Johanes Djogan